Fechado a sete cordas

As portas do Mercado do Livro fecharam ao tom elegante de guitarra portuguesa. Músicos do Orfeão de Leiria relembraram temas de Carlos Tê em alguns versos de poesia. Foi uma homenagem muito especial de referência à música popular portuguesa que preencheu o ar leiriense nos últimos momentos deste evento de cultura literária.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *