A grande evolução tecnológica a que assistimos actualmente, tem vindo a mudar o nosso dia-a-dia, infiltrando-se nas nossas vidas quer queiramos ou não. Um condicionador desta evolução é, sem dúvida, a Internet. Graças a ela, novos conhecimentos e novas tecnologias são criadas e postas à disposição de todos a uma velocidade nunca vista. Esta revolução da comunicação, tem alterado fortemente o nosso estilo de vida, o modo como pensamos, trabalhamos e vivemos.

No entanto, todos estes progressos feitos para tornar a Internet cada vez maior e mais rápida, implicam um maior controlo por parte dos prestadores de serviço. Estes têm cada vez mais a responsabilidade de oferecer aos seus clientes, um serviço rápido e seguro mas economicamente acessível. Por isso torna-se essencial fazer uma boa gestão da largura de banda que lhes é atribuída.

Esta preocupação de uma boa gestão da rede é, também, cada vez mais importante para os administradores de redes empresariais que se têm de preocupar com aspectos como qualidade de serviço, segurança e facilidade de uso. Para tal são usadas, muitas vezes, ferramentas de análise que lhes permitem verificar o estado da rede. Um dos problemas bastante comuns, é uma distribuição desigual da largura de banda, e torna-se por isso importante controlar os volumes de tráfego de cada cliente.

Este projecto visa explorar uma solução de gestão de quotas de tráfego, assente numa distribuição Linux. Esta solução tem por base uma interacção com a firewall deste sistema operativo, possível através da ferramenta de controlo chamada Iptables. Este gestor de quotas permite efectuar o controlo de tráfego por IP ou grupos de IPs, tanto para download como upload. O projecto surgiu assim como um módulo para uma aplicação de administração de sistema, intitulada Webmin, o que possibilitou que o gestor de quotas fosse apresentado num ambiente gráfico agradável, simples de gerir e eficaz.

Figura 1: Sistema Global de Gestão de Quotas

Figura 1: Sistema Global de Gestão de Quotas