Actualmente estamos perante uma população cada vez mais envelhecida. Sendo que os idosos manifestam propensão para uma saúde mais debilitada, a necessitarem de cuidados cada vez mais contínuos com o avançar da idade. Outro aspecto actualmente manifestado na sociedade é a falta de tempo por parte dos membros activos da família. Devido à emancipação da mulher e ao ritmo frenético em que vivemos, as pessoas têm cada vez menos tempo.

Juntando os dois factores supracitados, chega-se à conclusão que cada vez menos famílias têm possibilidade de dar o acompanhamento devido aos seus idosos. Acompanhamento este que se traduz em auxilio nas tarefas simples do dia-a-dia, na vigilância dos problemas físicos que os idosos apresentam e na convivência necessária ao ser humano enquanto ser social.

Devido a esta problemática, muitas são as soluções que emergem numa tentativa de encontrar as melhores e mais adequadas. Dado o crescimento exponencial de novas tecnologias, estas soluções, na sua grande maioria, baseiam-se na área de redes de sensores sem fios.

Neste projecto é proposta uma arquitectura para a solução intitulada Elder Care. Esta solução visa dois principais objectivos: por um lado, monitorizar sinais vitais do idoso, emitir alertas para a família e ajuda especializada, por outro, facultar uma rede social de modo a evitar o isolamento social.

A arquitectura proposta encontra-se dividida em três módulos: monitorização local, centro de controlo e sala de convívio virtual. A monitorização local encontra-se instalada na residência do idoso, obtendo sinais vitais e enviando os mesmos para o centro de controlo, que será responsável por emitir alertas aos familiares e solicitar auxilio especializado, quando detectadas situações anómalas. Na monitorização local constará ainda um centro multimédia de modo a permitir que os idosos comuniquem com outros utilizadores do Elder Care através da sala de convívio virtual. A sala de convívio virtual, como o próprio nome indica, representará uma sala virtual onde os utilizadores se poderão encontrar e interagir, criando uma rede social.

Figura 1: Elder Care: arquitectura de alto nível

Figura 1: Elder Care: arquitectura de alto nível