Este projecto teve como principal objectivo desenvolver um sistema de Alarme Remoto através da rede GSM, assim como o firmware que o controla. Além disso pretendeu-se também seleccionar e estudar os principais componentes de hardware que compõem este alarme e qual a sua funcionalidade.

O Alarme Remoto GSM é um alarme que tem uma característica especial que o distingue dos outros alarmes comuns, pelo facto de enviar uma mensagem em formato SMS através da rede móvel GSM, em resposta à activação de um sensor a ele conectado. Além de funcionar como alarme, o Alarme Remoto GSM tem ainda a funcionalidade de poder receber mensagens e, através delas e do seu significado, fazer actuar um dispositivo ou equipamento pré-definido, como por exemplo, ligar uma luz ou um outro qualquer electrodoméstico.O alarme também tem incluído um comando que permite fazer acções como ligar/desligar o alarme, introduzir números de telemóvel e códigos de PIN e PUK.

Ao alarme poderão ser conectados todos os sensores, que comunicam através de um contacto normalmente fechado que abre quando o sensor detecta algo, o que é típico nos sensores usados em sistemas de alarme.

O firmware de controlo do alarme está contido num microcontrolador PIC, que processará a informação dada pelos sensores e pelo módulo GSM, decidindo depois a acção a tomar. No caso de se pretender enviar uma SMS, recorre-se ao módulo GSM que permite este tipo de acção usando a rede móvel de telecomunicações.

Figura 1: Blocos principais do Alarme Remoto GSM

Figura 1: Blocos principais do Alarme Remoto GSM

Figura 2: Placas de Hardware desenvolvidas no projecto

Figura 2: Placas de Hardware desenvolvidas no projecto