Era uma vez… um mercado encantado

«Era uma vez um pato que tinha o azar de viver com um camponês preguiçoso. Enquanto o pato trabalhava, o camponês ficava na cama – até que um dia os outros animais decidiram entrar em acção.»

Foi assim que o Mercado do Livro iniciou o Dia Mundial da Criança que hoje se comemora.

Às 10 horas, a Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira contou a história «O Pato Camponês». O conto foi repetido diversas vezes durante a manhã ao ritmo das visitas das escolas.

Publicado pela Editora Caminho, o livro é da autoria de Martin Waddell com ilustrações de Helen Oxenbury e recebeu dois prémios: Nestlé Smarties Book Prizes para a obra e o Prémio Hans Christian Handersen para o autor.

Ainda durante a manhã, a FNAC apresentou «Um dia, um guarda-chuva», um conto animado pelo Comboio de Fantasias, empresa de animação infantil.

Apesar de não constar do programa, foram também lidos «Um Caracol», livro de Ilustrações desdobrável de Guido Van Genechten e «Não é uma Caixa» de Antoinette Portis.

Neste dia dedicado aos mais pequenos, algumas das livrarias presentes elegeram como obra do dia um livro infantil.

Durante a tarde, está prevista mais animação: Bebeteca, insufláveis, modelagem de balões, pinturas faciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *