Oradores

Sessão plenária (sexta-feira, 3 de maio – 9h30)

O património histórico educativo e a formação do cidadão

José María Hernández Díaz (Universidade de Salamanca – Espanha)

CARREIRA ACADÉMICA

*Catedrático de Teoría e Historia de la Educación na Universidade de Salamanca.

*Premio Extraordinário Doutoramento em Ciências da Educação (1981)

*Decano da Faculdade de Educação (1996-2003)

*Vice-reitor de Planificação e Inovação Docente (2003-2007)

* Presidente do Consejo Escolar de Castilla y León (2000-2003)

INVESTIGAÇÃO

*Diretor do Programa de Doutoramento em Educação.

*Orientou 75 teses de doutoramento (várias sobre Portugal) e publicou 280 trabalhos científicos.

*Diretor da “Aula. Revista de Pedagogía de la Universidad de Salamanca”, e de “Historia de la Educación. Revista Interuniversitaria”.

*Diretor do Grupo de Investigação Reconhecida “Helmantica Paideia. Memoria y proyecto de la Educación”. Algumas das principais linhas de investigação abrangem a “Imprensa Pedagógica na história”, “Influências estrangeiras na educação espanhola e ibero-americana” e “África, educação y desenvolvimento, passado e presente”.

OUTROS MÉRITOS

* recebeu o premio “María de Maeztu” para a Excelência investigadora (2014). Também o prestigioso VI Premio José Manuel Esteve, atribuído ao melhor artigo científico publicado numa revista de educação em Espanha em 2015, pelo artigo: “El discurso pedagógico en la Fiesta de la Ciencia en la universidad deseada. España 1900-1936”, Historia de la Educación. 34 (2015) 103-138.

* Pronunciou a Aula inaugural do curso académico 2016-17 no Paraninfo Histórico da Universidade de Salamanca no dia 14 de setembro de 2016 com o título La Paideia universitaria en la Fiesta de la Ciencia.



Sessão plenária (sexta-feira, 3 de maio – 14h00)

Itinerários de Inovação Pedagógica: projetos e experiências educativas em Portugal no século XX

Virgínia Pereira da silva de Ávila (Universidade de Pernambuco – Brasil)

*Doutorada em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP, 2013), Mestre em Educação pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC, 2008) e Licenciada em Pedagogia pela Faculdade Porto-Alegrense de Educação, Ciências e Letras (FAPA,1997).

*Professora do quadro permanente da Universidade de Pernambuco, Campus Petrolina, atua no curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Formação de Professores e Práticas Interdisciplinares.

*Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação, sobretudo em: história do ensino primário rural, formação e trabalho de professores rurais, instituições e arquivos escolares e memória e cultura escolar. Membro da Sociedade Brasileira de História da Educação (SBHE) e da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em História da Educação no sertão do São Francisco (GEPHESF).


Apresentação do livro 

(sexta-feira, 3 de maio – 19h30)

Desporto, Educação e Qualidade de Vida

​José Rodrigues (Presidente da Direção da REDESPP – Professor Coordenador Principal, ESDRM-IPSantarem)

Pedro Sequeira (professor Coordenador, ESDRM-IPSantarem, Coordenador do CIEQV)



Simpósio 1 (sábado, 4 de maio – 9h30)

O Currículo e a Pedagogia da infância

PAINEL 1 – Currículo, infância e sistema educativo: o papel dos educadores de infância 


Isabel Lopes da Silva (Ministério da Educação)

*Doutorada a em Ciências da Educação; licenciada em Filosofia. Coordenou as equipas encarregadas da elaboração das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar de 1997 e 2016. Tem exercido atividades docentes na formação inicial e contínua de educadores de infância e em Cursos de Mestrado e Pós-graduação para docentes de diferentes níveis de ensino, tendo orientado dissertações de mestrado e doutoramento. Trabalhou no Instituto de Inovação Educacional onde colaborou no apoio a projetos de inovação nas escolas e participou em projetos internacionais.

Lurdes Mata (ISPA – Instituto Universitário)

*Tem como formação inicial educação de infância, tendo posteriormente obtido formação em Psicologia Educacional (Licenciatura e Mestrado) e o Doutoramento em Estudos da Criança. É atualmente Professora Auxiliar no ISPA-Instituto Universitário e Diretora do Mestrado em Educação Pré-escolar do ISPA/ESEI Mª Ulrich. Tem colaborado com o Ministério da Educação como autora, consultora e formadora no âmbito do curriculum para o pré-escolar.

*É membro do Centro de Investigação em Educação do ISPA onde desenvolve investigações em três linhas: descoberta e apropriação da linguagem escrita, processos de aprendizagem e as componentes afetivas a eles subjacentes (motivação, emoções) e envolvimento parental. Tem diversas publicações, em livro, capítulos de livros e revistas nacionais e internacionais direcionadas para a compreensão de variáveis individuais e contextuais que permitam identificar abordagens educativas de qualidade.

Manuela Rosa (Instituto Politécnico de Lisboa)

*Especialista em Formação de Educadores de Infância, sendo professora adjunta no domínio da pedagogia em cursos da Escola Superior de Educação de Lisboa, em especial no Mestrado em Educação Pré-Escolar, onde leciona unidades curriculares da Pedagogia da Infância e é supervisora institucional e integra ainda a coordenação do curso.
Integrou equipas de estudo do Ministério de Educação aquando das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar, bem como a equipa encarregada da sua revisão.

*A sua área de estudo de maior de interesse é a formação prática do educador de infância, tema de estudo das provas de especialista, do mestrado e da licenciatura em orientação educativa.​

Teresa Sarmento (IE, CIEC – Universidade do Minho)

Iniciou a sua atividade profissional como Educadora de Infância (1978), tendo prosseguido estudos na Universidade do Minho com a realização da Licenciatura em Ensino de História e Ciências Sociais (1987) e, posteriormente a realização do Doutoramento em Estudos da Criança (2000). É Professora Auxiliar no Instituto de Educação, Universidade do Minho, pertencente ao Departamento de Ciências Sociais da Educação e ao Centro de Investigação em Estudos da Criança, onde se tem dedicado à docência na graduação e pós-graduação de professores, bem como à investigação sobre a educação de infância, as problemáticas da formação de professores, histórias de vida de profissionais da educação, da organização escolar e da relação escola-famílias-comunidades, com os estudos publicados em revistas científicas e livros, a nível nacional e estrangeiro.. Tendo sido perita externa em estudos sobre condições de género a nível da União Europeia, tem desenvolvido trabalhos de consultoria sobre políticas para a infância em São Tomé e Príncipe e Angola.

PAINEL 2 – Orientações curriculares: significados e desafios para a educação pré-escolar


Maria João Cardona (ESE do IPSantarém; CIEC/Univ. Minho; Conselho Cientifico da UIIPSantarém)

Doutoramento em Ciências da Educação; Mestrado em Ciências da Educação; Licenciatura em Psicologia; Curso de Educadora de Infância. Professora coordenadora daESE do IPSantarém; Colaboração docente com outras instituições de Ensino Superior (nacionais e internacionais); coordenação e participação em vários projetos (inter)nacionais; autora de publicações (inter)nacionais no âmbito da educação para as primeiras idades, formação, políticas educativas para a infância e gestão educacional. Conselho editorial de várias publicações (inter)nacionais. Trabalho como consultora nos PALOP (através F. Gulbenkian; Banco Mundial; FEC; UE); Participação em organizações científicas e profissionais das quais é de destacar: Conselho Científico-Pedagógico da Formação Continua do ME (09/ 14); Presidente da Direção do GEDEI 02/05); Presidente da Direção da APEI (96 /00); Direção da Secção Portuguesa da OMEP; Direção Secção Portuguesa AFIRSE.

http://www.fct.mctes.pt/fctsig/cv/presentation.PT/overview.aspx

 Maria Pacheco Figueiredo (ESEV e CI&DEI-IPV)

*Professora Adjunta da Escola Superior de Educação de Viseu e Investigadora Integrada do CI&DEI do Instituto Politécnico de Viseu. Desenvolve a sua ação profissional no âmbito da formação de professores e da Educação Social. É orientadora de estágios e de relatórios finais de estágio no mestrado em Educação Pré-Escolar e ensino do 1.º CEB. participa igualmente em formação contínua e pós-graduada, nas áreas da Supervisão Pedagógica e da Educação de Infância.
Desenvolve investigação em áreas próximas à Infância, com enfoque na Pedagogia ligada aos Direitos das Crianças e na formação de professores.
É Secretária Geral da European Educational Research Association (EERA) desde 2015 e Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE) desde 2017.

*Doutorada em Educação, especialidade Didática e Desenvolvimento Curricular, Universidade de Aveiro. Mestre em Educação, especialidade em Concepção e Avaliação de Projetos Educativos, Universidade dos Açores. Licenciada em Ciências da Educação, Universidade de Coimbra.

Francisco Sousa (CICS, Polo da Universidade dos Açores – CICS.NOVA.UAc)

Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade dos Açores, nas áreas do Desenvolvimento Curricular e da Tecnologia Educacional; autor de várias publicações nas mesmas áreas; Membro Integrado do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais, Polo da Universidade dos Açores (CICS.NOVA.UAc); Colaborador do Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC); “Co-convenor” da Rede 3 (“Curriculum Innovation”) da European Educational Research Association (EERA).

Miguel Oliveira (ESECS/IPLeiria e CICS.NOVA)

*Professor Adjunto na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do IPLeiria desde 2000. É docente e supervisor de Práticas Pedagógicas e Estágios na formação de educadores e professores. É Investigador no CICS.NOVA – Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais – IPL/ Universidade Nova. É Doutorado em Ciências da Educação pela UTAD. Frequentou o mestrado e tem Pós-Graduação em Ciências da Educação – Área de Especialização em Teoria e Desenvolvimento Curricular pelo IE/ Universidade de Lisboa. Concluiu a Licenciatura em Educação de Infância, em 1999, no IPLeiria.

*É Presidente da Associação Nacional de Animação e Educação, foi elemento dos órgãos sociais do Grupo de Estudos para o Desenvolvimento da Educação de Infância (GEDEI). É deputado Municipal de Óbidos, coordena o Plano Educativo Estratégico Municipal do concelho e é comissário da CPCJ – Óbidos.

Simpósio 2 (sábado, 4 de maio – 11h30)

Iliteracia (s) na Escola

PAINEL 1 – Da leitura dos textos à leitura dos mundos dos textos – Propostas para pensar a literacia crítica na escola

i) Abordagem ao conceito de texto e necessidade de abertura da escola à diversidade textual; ii) Abordagem a um conceito multimodal de texto; iii) A linguagem como prática social; iv) Modelos teóricos da pedagogia da literacia: da literacia à literacia crítica; v) A construção escolar da literacia crítica; vi) Os textos literários e os textos dos media: propostas de abordagens pedagógicas

Maria José Gamboa (ESECS do IPLeiria e CI&DEI)

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas e mestre em Literatura Portuguesa pela Universidade de Coimbra. Doutorada em Didática pela Universidade de Aveiro com a tese:  A Construção escolar do Plano Nacional de Leitura: Um estudo num agrupamento de escolas do Ensino Básico. É Professora Adjunta do Departamento de Línguas e Literaturas da Escola Superior de Educação e Ciências do Instituto Politécnico de Leiria.  Integra o Centro de Investigação – Estudos em Educação e Inovação. As suas áreas de interesse investigativo são as Literacias, a Leitura e a Formação de Leitores. Tem realizado comunicações, publicações e formação de educadores e professores no âmbito das áreas de investigação.

Catarina Menezes (ESECS do IPLeiria)

Doutorada em Letras, área de Ciências da Comunicação, Especialidade Media e Sociedade, tem uma Pós-graduação em Ciências da Comunicação – Estudo dos Media e Jornalismo. Ao nível da formação inicial, realizou Licenciaturas em Ciências da Comunicação e em Línguas e Literaturas Modernas. Coordena atualmente a Licenciatura e o Mestrado em Comunicação e Media, na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (Instituto Politécnico de Leiria). É também coordenadora pedagógica do projeto Akadémicos, publicação mensal da responsabilidade de alunos e docentes da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais. Tem vindo a privilegiar como áreas de atuação e investigação: jovens, usos dos media e cidadania, media e espaço público, literacia para os media.

Inês Conde (ESECS do IPLeiria)

É doutoranda em Ciências da Comunicação, ramo da Análise Crítica do Discurso e da Semiótica Social, na Universidade da Beira Interior, pós-graduada em Estudos Ingleses, com especialização em Literatura e Estética e Semiótica do Cinema, pela Universidade de Aveiro, e licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, na Universidade de Coimbra. É docente do Instituto Politécnico de Leiria, nas áreas da Análise do Discurso e da Semiótica. Os seus interesses de investigação são os Estudos de Cinema, Representações de Género nos Media e Estudos de Multimodalidade.



Sessão plenária (sábado, 4 de maio – 15h00)

Autismo: o que os educadores devem saber

Nuno Lobo Antunes (PIN – Progresso Infantil – Portugal)

*Nuno Lobo Antunes, nascido a 10 de Maio de 1954 é um Neuropediatra licenciado em Medicina pela Universidade de Lisboa.

*Fez parte do seu treino nos EUA na Universidade de Columbia e de Cornnell, tendo sido professor assistente de Pediatria e Neurologia nesta última.

*Desenvolveu atividade de investigação com António Damásio, e no Memorial Sloan -Kettering Cancer Center em Nova Iorque.

*Foi diretor Clínico do CADIn durante 10 anos, e é atualmente diretor do Centro de Desenvolvimento PIN-Progresso Infantil, de que é fundador.

*Tem dedicado os últimos anos à intervenção nas áreas do desenvolvimento e comportamento das crianças e adolescentes, a respeito das quais publicou os livros “Mal-Entendidos” e “Mais Forte do que Eu”, este último em colaboração com a Professora Ana Rodrigues.

*Noutras áreas foi presidente do conselho de administração da fundação Make-a-wish, e autor dos best seller “Sinto Muito”, “Vida em Mim” e em “Em nome do Pai”.

*Foram-lhe atribuídos os prémios Pfizer jovem investigador e profissional do ano pela organização “Rotários”.

*Foi conferencista em numerosas ocasiões em Portugal e no Estrangeiro.