Programa – Seminário Final

Programa | Seminário Final – Apresentação dos resultados do Projeto CP2S – Cerâmica, Património e Produto Sustentável: do ensino à indústria

 

O seminário final faz a divulgação pública dos principais resultados obtidos nas várias atividades inscritas no projeto de investigação CP2S – Cerâmica, Património e produto sustentável – do ensino á indústria, a sua discussão crítica e a reflexão sobre oportunidades de investigação futuras que possam dar sequência a este trabalho.

O projeto de investigação CP2S decorre entre 27/09/2017 e 26/03/2019 e tem em vista organizar um conjunto de informação dispersa nas áreas tecnológica, social, económica e histórico-cultural, que foi usada na criação de recursos diferenciados e inovadores sobretudo experimentais e visuais para a formação pedagógica e cultural ou para o apoio ao ensino, investigação e design de produtos cerâmicos sustentáveis que contribuam para o aumento da competitividade e da sustentabilidade deste setor económico. Sempre que foi possível, o tema do projeto e as respetivas atividades foram exploradas como iniciativas de inovação territorial por perspetivarem a criação de novas oportunidades de empregabilidade e autoemprego, promoverem a cidade de Caldas da Rainha e sua região como uma cidade criativa, inteligente e sustentável certamente com reflexos estruturantes no plano da gestão cultural e turística.

O projeto CP2S conta com uma equipa de investigação multidisciplinar constituída por especialistas das seguintes áreas: história, património, gestão cultural, design, engenharia, turismo, gestão, economia, marketing e conservação e restauro.  O projeto CP2S foi liderado pelo laboratório de Investigação em Design e Artes (LIDA) da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha (ESAD.CR) do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria) e contou com os seguintes parceiros institucionais: Instituto Politécnico de Tomar (IPT); Centro de Formação Profissional para a Indústria Cerâmica (Cencal) e Câmara Municipal das Caldas da Rainha (CMCR). No seio do IPLeiria contou com as parcerias internas do Center of Applied Research in Management and Economics da Escola Superior de Tecnologia e Gestão e do Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar.

O seminário final permitirá debater a situação do património cerâmico caldense, da sua preservação e valorização. Será apresentado e discutido um Relatório elaborado pelo Prof. João Serra contendo propostas sobre a organização museológica do sector cerâmico em modalidades que o articulem não apenas com a fruição cultural, mas também com criação artística, o design, o ensino e a formação.

Na ocasião, será apresentada a edição do catálogo da exposição “Produto Próprio”, organizada por alunos do Curso de Programação e Produção Cultural. A Exposição, que suscitou um grande interesse do público, decorreu entre Junho e Outubro de 2018, abordando o tema das colaborações entre artistas e uma fábrica de cerâmica, a SECLA, nos anos 1950 e 1960. O catálogo insere, além de estudos sobre os centros criativos da SECLA, uma mesa-redonda com diversos especialistas do período e do tema.

No decurso da investigação realizada para esta exposição, foram identificadas algumas peças a necessitarem de restauro. Estas operações de restauro, efetuadas no Curso de Restauro Cerâmico da Escola Superior de Tecnologia de Tomar, serão apresentadas no decurso do Seminário do próximo dia 20 de Março pelas 14horas no Auditório 1 do EP1 da ESAD.CR.

No mesmo dia, inaugurar-se-á a Exposição “Biblioteca de um Ceramista Industrial, 1880-1980)”.

A investigação que conduziu a esta exposição seguiu um caminho: tentar perscrutar a biblioteca imaginária dos industriais e técnicos de cerâmica desde o início da indústria moderna (1884: a Fábrica de Faianças das Caldas da Rainha) até à criação do Centro de Formação Profissional para a Indústria Cerâmica das Caldas da Rainha  e da Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha (1984: CENCAL: 1988: ESAD). Procura-se reconstituir as obras de referência do tempo da Fábrica de Faianças e da Escola Industrial (1º núcleo), da Fábrica Belo (dos tempos de Avelino Belo e José Belo), da Sociedade de Exportação e Cerâmica Lda (SECLA do tempo de Alberto Pinto Ribeiro e António Cardoso), do CENCAL e da ESAD (nos anos 1980). Incluem-se ainda nesta mostra algumas espécies bibliográficas utilizadas na Escola Superior de Tecnologia de Tomar, parceira deste projeto.

 

Programa 

 

14:00h

Inauguração da Exposição “Biblioteca de um Ceramista Industrial (1880-1980)”

14:20h – Sessão de Abertura

Diretor da ESAD.CR e do LIDA, João dos Santos

14:30h – O Projeto CP2S

Liliana Gouveia, Adriana César e Lia Gomes

15:00h – Apresentação da edição no âmbito do Projeto CP2S – Catálogo “Produto Próprio”

João Serra

15:10h – Cerâmica, Património, Conhecimento – Relatório sobre a musealização do património cerâmico caldense

João Serra

15:30h – Comentário ao Relatório sobre a musealização do património cerâmico caldense

Inês Moreira

15:50h – Mesa Redonda – Património Cerâmico

José Luís Silva (moderador), Maria Conceição Pereira, Luísa Arroz, Sofia Eurico, Ricardo Triães, Inês Moreira

16:30h – Coffe Break

16:45h – Cerâmica, Design e Produto Sustentável

José Frade

17:00h – A perspetiva de um designer sobre a indústria cerâmica

Alda Tomás

17:20h – Mesa Redonda – Apreciação critica do Projeto CP2S e sugestões de investigação futura

João Mateus (moderador), Fernando Poeiras, Paula Lomelino, Manuela Baroso e Alda Tomás

18:00h – Encerramento

Presidente do IPL, Rui Pedrosa

 

 

 

Deixe uma resposta